terça-feira, 30 de setembro de 2014
Sobre o Território da Música
voltar à página inicial
Artistas de A a Z A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z #
Notícias
Agenda
Leia
Fotos
Promoções
Serviços
 
*publicado em 4/11/2011 - 16h09
Peter Gabriel: New Blood
Edi Fortini
Redação TDM
tamanho
da letra
Falar de Peter Gabriel não é uma tarefa fácil. Principalmente quando seu novo trabalho "revisita" grandes momentos da sua carreira, iniciada em 1977. Com experimentos em diversas áreas da música, Gabriel já fez quase tudo em sua vida. Mesmo que desagradando a mídia muitas vezes ou passando quase que despercebido, seus fãs sempre acompanhavam seus novos caminhos, sedentos por seus novos passos.

No ano passado o músico nos presenteou com o excelentíssimo "Scratch My Back", um álbum composto por 'covers' com arranjos de orquestra e voz - com as lindas "Heroes", do Bowie, "My Body Is a Cage", do Arcade Fire, e "Après moi", da Regina Spektor, passando ainda por Neil Young e Radiohead, entre outros. Era impossível ficar imune à extrema sensibilidade e beleza mostradas.

Com muita alegria, foi divulgado que ele faria espetáculos com a tal orquestra e não demorou muito para vermos alguns minutos dessas preciosidades no YouTube. Com algumas músicas do próprio Gabriel, já era óbvia a pergunta: "Mas por que não uma nova versão para suas próprias músicas?". E é justamente disso que se trata seu décimo álbum solo, "New blood".

Não caberia outro título a essa obra de arte. Uma nova abordagem da sua carreira, de músicas velhas conhecidas, de momentos preciosos da vida de Gabriel. Emociona, sensibiliza, nos dá vontade de ouvir repetidamente por semanas, pois é aquele álbum que "cabe" em quase todas as situações: na hora de dormir, na leitura, no trabalho, na diversão...

Os arranjos são co-assinados por Peter Gabriel e John Metcalfe e os músicos são os mesmos da "New Blood Orchestra". A primeira música, "The Rhythm of the Heat" já enche os ouvidos de alegria, faz parar tudo para admirar a beleza do trabalho."Downside Up" traz ainda a surpresa da voz de Melanie Gabriel - sim, filha do músico.

Belíssimas músicas como "San Jacinto", "Mercy Street", "Don't give up" e "Diggin in the dirt" são lembradas, sem a menor pretensão de fazer um "greatest hits". Por fim, "Solsbury Hill" encerra o trabalho. Felizmente para nós brasileiros, é uma grande motivação para assistir à apresentação do músico (e orquestra) na próxima semana, durante o festival SWU, no interior de São Paulo. Indiferente ao espetáculo, você não ficará, certamente.
01. The Rhythm of the Heat
02. Downside Up
03. San Jacinto
04. Intruder
05. Wallflower
06. In Your Eyes
07. Mercy Street
08. Red Rain
09. Darkness
10. Don’t Give Up
11. Digging in the Dirt
12. The Nest that Sailed the Sky
13. A Quiet Moment
14. Solsbury Hill
Avaliação:
Selo: Real World
Ano de lançamento: 2011
Artistas relacionados: Peter Gabriel
Avalie este lançamento
 
66,67%
 
0%
 
0%
 
0%
 
33,33%
Selecione a sua avaliação
e clique em votar.
* 3 votos registrados
Relacionadas
Relatar erros
 
ENQUETE
O que você espera para 2014?
Show do The Who no Brasil
Show do Van Halen no Brasil
O fim do serjanejo universitário
O fim do funk carioca
Todas as anteriores
Nenhuma das anteriores